Novo concerto

uma igreja que glorifica a Deus

O Diamante um dia foi Carvão

Posted by rafaelbez em 4 de junho de 2011

Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente;

Não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.                                                                                                                                                                                           2 Cor. 4.17,18

Foi com muita admiração que descobri o que o tema nos diz, sim meus amados irmãos “o diamante um dia foi carvão” é ate inimaginável pensar como um carvão pode se tornar uma linda e valorizada pedra de diamante, na verdade é uma historia real dos contos, das lendas como patinho feio e Cinderela, mas na verdade isso é transformação divina, isto é coisa de Deus.

Ninguém ao ver uma brasa de carvão pode imaginar o que ela pode ser, no que ela pode se transformar, na verdade ninguém gosta de manusear o carvão não se vê, por exemplo, ninguém adornado com carvão ou uma brasa  em leiloes sendo disputados muitos, ou seja, ninguém valoriza uma brasa de carvão pois não se acredita e nem se vê nele um futuro promissor.

Já o diamante é sinônimo de riqueza de valorização, ele é concorrido em leilões e lojas de jóias preciosas, ele é exposto em vitrines às pessoas têm prazer em velo e em falar dele.

A TRANFORMAÇAO

Mas para esta transformação acontecer é necessário uma serie de situações favoráveis ao carvão, este processo acontece nas profundezas da crosta terrestre, é o movimento do magma que cristaliza o carbono que é o elemento químico do carvão que o cristaliza e o transforma. Também e preciso uma pressão sobre este elemento, pressão de baixo para cima e de cima para baixo e isto por um longo período de tempo para que aquela brasa seja agora uma pedra considerada uma das mais resistentes da terra.

É muito interessante este evento, pois como Salomão sabia muito bem que os eventos naturais são espelhos da vida humana. Vezes nós somos confundidos por outrem como carvão sem valor, sem futuro, é normal sermos deixados de lados em conversas, em reuniões se recusam em ter um contato conosco pois quando nos olham, vêem esta carcaça corruptível, mas o nosso Deus vê a essência transformadora que ele colocou em nos que é seu Espírito, e este é o que nos transforma, levanta do pó o abatido e o pobre do monturo, exalta o humilhado e humilha o exaltado. Esta transformação para ter efeito em nos e necessário as mesmas pressões de cima para baixo e de baixo para cima: a de cima para baixo é a provação espiritual, aquele sentimento de desanimo e insatisfação com sigo próprio em relação a Deus, já a de baixo para cima é a provação humana, fofoca, calunia, pessoas sem o afeto ao próximo que não sabem o que é viver o amor verdadeiro que preferem nos ver caídos do que de pé; e o principal agente desta situação geral é o tempo.

Meu irmão entenda uma coisa hoje você pode estar sendo visto ou ainda estar se vendo como carvão o tempo e as provações tem sido parte do seu dia a dia, mas saiba que tudo isto é um mover de Deus em teu favor, pois o propósito do senhor para você carvão é te fazer um lindo diamante…..creia nisto…..medite nisto…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: